Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 09 de dezembro de 2018

Educação

Professores paralisam atividades pela Lei do Piso

10 MAI 2011Por Laís Camargo14h:45

Aproveitando a Semana de Mobilização pela Educação, trabalhadores que batem cartão de ponto e professores da rede pública estão realizando um protesto desde às 8h na Praça Ary Coelho, em Campo Grande. Segundo o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Jaime Teixeira, três motivos embalam a manifestação.

“No dia 6, a Lei do Piso foi julgada constitucional pelo STF, que defende o piso salarial e carga horária de planejamento de aula. Tem a questão das prefeituras cumprirem as leis internas e também o terceiro motivo é o ato em Brasília, que vai reunir mais de mil professores pelo Plano Nacional de Educação (PNE)”, aponta o professor.

O PNE tem por objetivo estabelecer metas para a educação brasileira nos próximos 10 anos. A Fetems mandará 40 professores para representar o Estado. Na movimentação de amanhã, haverá teleconferência das 8h30min às 9h30min, transmitida por emissora de televisão. Os funcionários públicos pedirão mais segurança e planos de carreira para os cargos menores.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também