Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Exceção

Professores de medicina da UFMS decidem encerrar greve

29 AGO 12 - 00h:01Gabriel Kabad e Edivaldo Bitencourt

Depois dos técnicos administrativos, os professores do curso de Medicina da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) encerram a greve iniciada há dois meses e retornam ao trabalho nesta quarta-feira. Cerca de 240 alunos do 1º ao 4º ano do curso serão beneficiados com a decisão, tomada em reunião dos docentes na manhã de segunda-feira, já que os acadêmicos do 5º e 6º ano não paralisaram as aulas, porque foram preservados pelos professores já que estão em período de estágio.

A volta é uma exceção dentro da universidade, já que, apesar da posição da Associação dos Docentes da UFMS (ADUFMS) Sindical pelo fim da paralisação, a maioria dos professores votou contra a volta das aulas na última assembleia geral. Somente o curso de medicina voltará hoje no Estado, que detém cerca de 80 professores na graduação. Nesta quarta-feira, irá ocorrer uma reunião da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Preg) com a Faculdade de Medicina (Famed), para viabilizar um novo calendário para o curso.

Leia mais no jornal Correio do Estado
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Advogado espera indiciamento de Neymar e diz que Najila está “morta”
BRASIL

Advogado espera indiciamento de Neymar e diz que Najila está “morta”

BRASIL

Moro questiona provas ilícitas e cita má-fé de 'mensagens adulteradas'

Governo vai investir R$12 milhões para equipar a Polícia Militar Ambiental
MEIO AMBIENTE

Governo vai investir R$12 milhões para equipar a PMA em MS

Caminhonete é apreendida com mais de 1,5 tonelada de maconha
É MUITA DROGA

Caminhonete é apreendida com mais de 1,5 tonelada de maconha

Mais Lidas