CAMPO GRANDE

Professora teria sido a 4ª vítima de gripe suína na Capital

Professora teria sido a 4ª vítima de gripe suína na Capital
21/06/2012 00:00 - Maria Matheus e Edivaldo Bitencourt


A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) investiga se a morte da professora Jane da Silva Figueiredo, 48 anos, diretora da Escola Estadual Silvio Oliveira dos Santos, no Conjunto Aero Rancho, o bairro mais populoso de Campo Grande, foi em decorrência da gripe A, conhecida como gripe suína. Esta pode ser a quarta morte causada pela doença neste ano em Campo Grande, já que dois casos foram confirmados e uma terceira não teve material coletado para análise em laboratório.

A diretora da escola foi internada no dia 31 de maio deste ano com suspeita de estar com o vírus H1N1. Segundo o presidente do Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública (ACP), Geraldo Gonçalves, ela faleceu na terça-feira e o sepultamento ocorreu na manhã de ontem no Jardim das Palmeiras. “Falaram que foi gripe”, destacou o dirigente.

Leia mais no jornal Correio do Estado.
 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".