Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande

Professora teria sido a 4ª vítima de gripe suína na Capital

21 JUN 12 - 00h:00Maria Matheus e Edivaldo Bitencourt

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) investiga se a morte da professora Jane da Silva Figueiredo, 48 anos, diretora da Escola Estadual Silvio Oliveira dos Santos, no Conjunto Aero Rancho, o bairro mais populoso de Campo Grande, foi em decorrência da gripe A, conhecida como gripe suína. Esta pode ser a quarta morte causada pela doença neste ano em Campo Grande, já que dois casos foram confirmados e uma terceira não teve material coletado para análise em laboratório.

A diretora da escola foi internada no dia 31 de maio deste ano com suspeita de estar com o vírus H1N1. Segundo o presidente do Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública (ACP), Geraldo Gonçalves, ela faleceu na terça-feira e o sepultamento ocorreu na manhã de ontem no Jardim das Palmeiras. “Falaram que foi gripe”, destacou o dirigente.

Leia mais no jornal Correio do Estado.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

RASTRO DE DESTRUIÇÃO

Recuperação de cidade afetada por rompimento de barragem na BA poderá levar meses

Vasco entra no STJD com pedido de impugnação do jogo contra o Grêmio no Sul
BRASILEIRÃO

Vasco entra no STJD com pedido para impugnar partida

PRESIDENTE DA CCJ

Proposta sobre pacto federativo começará no Senado, diz Simone

Em início de noite violenta, duas pessoas são assassinadas
DOURADOS

Em início de noite violenta, duas pessoas são assassinadas

Mais Lidas