quinta, 19 de julho de 2018

Professora é encontrada morta e enterrada na areia

13 JUL 2010Por 05h:30
     

        Uma professora de psicologia foi encontrada morta em uma praia de Pontal do Paraná (PR), nesta segunda-feira (12). O corpo da mulher, de 53 anos, estava enterrado na areia e tinha marcas de estrangulamento.

        O delegado José Antonio Zuba Oliva, responsável pelas investigações, explicou ao G1 que a professora vivia em Curitiba e passava férias na região, onde possui uma casa. Ela desapareceu na tarde de domingo (11), após sair para uma caminhada.?Os familiares da vítima procuraram a polícia ainda na noite de domingo para comunicar o desaparecimento", diz o delegado, que iniciou as buscas imediatamente. ?Por volta de meio-dia, nós localizamos o corpo da professora enterrado na restinga entre dois balneários.?

        Segundo o delegado, a única lesão aparente é de um provável estrangulamento. O corpo foi encaminhado para peritos do Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá (PR), que vão determinar a causa da morte e verificar se houve estupro. Os laudos ficam prontos em até 30 dias.

Leia Também