sexta, 20 de julho de 2018

Professor que estuprou crianças com necessidades especiais é detido no México

6 JUN 2008Por 11h:20
     
        
        

A Polícia da cidade mexicana de Tijuana, na fronteira com os Estados Unidos, deteve um professor de um centro de educação para portadores de necessidades especiais acusado de estuprar 20 crianças, informaram nesta sexta-feira (6) fontes oficiais.

O professor Antonio Plascencia Romero é acusado de ter abusado de menores, inclusive de dois de seus filhos. "Quando se está em um momento como esse, não se pensa", disse o detido aos jornalistas. Ele afirmou ainda que "as coisas são mais fáceis" quando são crianças com necessidades especiais.

O diretor da Polícia de Tijuana, Julián Leyzaola, informou que após receber denúncias sobre os estupros, policiais a paisana vigiaram o centro especial até detectar atitudes estranhas do professor.

Segundo confessou o próprio detido, ele vinha cometendo abusos sexuais contra menores nos últimos 15 anos. A Polícia enviou psicólogos da Unidade de Violência Doméstica ao centro letivo para atender as vítimas dos abusos e seus pais.

A Polícia não deu mais dados sobre as idades dos menores, nem suas características físicas ou mentais, mas o centro atende crianças com problemas físicos, como surdez e cegueira.


        

Leia Também