Professor diz ter atropelado e matado menina para faltar a aula na Escócia

Professor diz ter atropelado e matado menina para faltar a aula na Escócia
03/08/2012 23:00 - g1


Um professor de música da Escócia inventou ter atropelado e matado uma menina para faltar ao trabalho.

De acordo com o site “UPI”, Derek McGlone, de 42 anos, já havia inventado diversas histórias para justificar suas faltas às aulas.

“Ele começou a contar pequenas mentiras. Mas desta vez mentiu sobre atropelar e matar uma menina. Ele disse ter sentido os pneus do carro passando sobre o corpo”, contou a diretora da Calderhead High School, na cidade de Shotts.

Após o incidente, McGlone disse estar “envergonhado e arrependido” pelo que fez. “Eu não tenho uma explicação racional para minhas ações”, disse.

Um conselho escolar condenou o professor com uma suspensão de 12 meses.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".