Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Professor de matemática é espancado após suspeita de estupro

Professor de matemática é espancado após suspeita de estupro
03/03/2014 13:30 - r7


Um professor de matemática, de 51 anos, foi espancado por populares em Itapema, litoral norte de Santa Catarina, após suspeita de estupro contra uma enteada de seis anos, no último sábado (1°).

Segundo a polícia, o suposto abuso teria ocorrido durante uma festa na casa da avó materna da criança. Ele foi levado por populares e agredido a tijoladas. Uma viatura que fazia ronda no bairro o encontrou desmaiado. Ele foi levado para o hospital de Itapema e depois transferido para o Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú. 

A polícia informou que tentará identificar os agressões e investigar a denúncia de estupro. A mãe da criança prestou depoimento e negou que o marido tivesse abusado da menina.

Felpuda


Engana-se quem acha que diminuiu a voracidade de ter fatia de cobiçado bolo por parte de “quem manda”. O recuo realmente houve, mas só por enquanto e por uma questão de estratégia, até porque, nas primeiras investidas, as portas não se abriram. E continuam fechadas. Mas quem conhece bem a dita figurinha aposta que ela não desistirá até encontrar, digamos,  um “chaveiro amigo”. Essa gente não sossega nem diante da pandemia... Afe!