Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

'INFERNINHO'

Professor de karatê morre depois de cair enquanto admirava cachoeira

Professor de karatê morre depois de cair enquanto admirava cachoeira
06/01/2014 16:45 - Gabriel Maymone e Daniel Campos


O professor de karatê, Manoel Eloísio Rufino, de 61 anos, morreu depois de cair da cachoeira do Inferninho, por volta das 13h desta segunda-feira (6), em Campo Grande.

Segundo o pedreiro que trabalha para a vítima, Rafael Roberto da Cruz, 27, eles haviam saído da academia que Manoel estava construindo e estavam indo para o assentamento Conquista, quando no trajeto, resolveram parar para admirar a paisagem.

Conforme relatado pela testemunha, o professor teria pisado em falso, próximo a ribanceira e caiu. Manoel bateu a cabeça nas pedras e caiu de uma altura de aproximadamente 35 metros. Segundo os bombeiros, mesmo se não tivesse batido a cabeça, ele teria morrido, pois o corpo do professor ficou preso em uma fenda, no fundo da cachoeira.

A Polícia Civil vai investigar agora se trata-se de um acidente ou o professor teria sido empurrado.  

Felpuda


Paixão política que extrapola o bom senso, chega nas redes sociais e se transforma em baixaria pode resultar em prejuízo no bolso. Isso foi o que aconteceu com autor de texto nada elogioso contra colega por diferenças em apoio a candidatos nas eleições de 2016. O dito-cujo foi condenado a pagar indenização de R$ 7 mil, com correção monetária e juros mensais a partir da publicação da sentença, além dos honorários advocatícios. Detalhe: os adversários daquela época hoje andam de braços dados. Pode?