sexta, 20 de julho de 2018

PESQUISA PROCON

Produtos natalinos ficam 10,74% mais baratos e variação aumenta

22 DEZ 2010Por Edivaldo Bitencourt02h:35

Em um mês, os produtos de Natal estão 10,74% mais baratos em Campo Grande, segundo a pesquisa realizada em nove estabelecimentos pela Superintendência de Defesa do Consumidor (Procon). Além da queda nos preços, a diferença entre o menor e o maior custo dos produtos ao consumidor aumentou no período, de 93,68% para 164,2%.

A principal novidade é a redução nos preços entre a primeira e a segunda pesquisa, segundo o superintendente regional do órgão, Lamartine Ribeiro. Ele calcula que o valor médio dos panetones, espumantes, vinhos, cervejas, carnes e frutas está 10,74% mais barato entre os dias 26 de novembro e 17 deste mês. "Vale a pena o consumidor esperar um pouquinho", recomendou o dirigente. Ou seja, nos últimos anos, vem se tornando tradição o barateamento dos produtos com a proximidade do Natal.

O panetone de frutas da Bauducco, 750 gramas, teve redução de 25% no preço médio, de R$ 19,50 para R$ 14,50. O duplo de chocolate, da mesma marca, ficou 13,7% mais barato, de R$ 15,59 para R$ 13,44. Alguns cortes de carne também ficaram mais baratos, como é o caso do pernil sem osso Perdigão, que oscilou negativamente em 4,72%, de R$ 15,88 para R$ 15,13 o quilo. O espumante Chuva de Prata ficou 2,48% mais barato, de R$ 6,45 para R$ 6,29.

Outros produtos ficaram mais caros, como é o caso do champagne Piagentine branco de 660 ml, que teve valorização de 39,1%, de R$ 4,83 para R$ 6,72, em média. Alguns cortes de carnes também ficaram mais caros, como é o caso da costela suína, que subiu 25,58% (de R$ 8,99 para R$ 11,29).

Variação
O aumento ampliou a diferença entre os preços praticados nos nove estabelecimentos pesquisados. A maior diferença, de 164,2%, foi encontrada no preço da castanha do Pará. O quilo do produto custa R$ 5,90 no Fort Atacadista. Se não pesquisar, o consumidor pode pagar o preço de três por um quilo em dois estabelecimentos, R$ 15,59, preços praticados nos hipermercados Extra e Carrefour.

A maior variação nos valores dos panetones foi encontrada no Nestlé Prestígio de 500g, que oscila entre R$ 10,98, no Fort Atacadista, e R$ 17,99, no Extra. Entre as cestas de Natal, a maior diferença, de 58,7%, está no preço da Bauducco pequena, entre R$ 27,90, no Carrefour, e R$ 44,29, no Extra. Com a diferença, o consumidor pode levar um Bauducco Chocottone Maxxi como brinde.

Os preços das bebidas também apresentam diferença de até 71,5%, como é o caso do champagne Piagentini branco 660 ml, que oscila entre R$ 4,95, no Maxxi Atacadista, e R$ 8,49, no Makro. A cerveja com maior diferença no preço ao consumidor é a Sol 350 ml, que varia entre R$ 0,99, no Wal Mart, e R$ 1,39, no Hiper Comper Jardim dos Estados.

A tabela com todos os preços está disponível no site www.procon.ms.gov.br.

Leia Também