sábado, 21 de julho de 2018

agricultores

Produtores concluem o plantio de soja no município de Dourados

23 NOV 2010Por Cícero Faria, Dourados03h:10

Aproveitando as chuvas que começaram no início de outubro, os agricultores de Dourados e região conseguiram antecipar o plantio da soja na safra 2010/2001. As chuvas regulares nos últimos dois meses permitiram a aceleração da semeadura, que está concluída.

Mesmo que o boletim agrometeorológico da Embrapa Agropecuária Oeste tenha apontado que as chuvas do mês passado foram abaixo da média, as pancadas que ocorreram caíram no momento certo para a agricultura.

Alem de aproveitaram a umidade no solo, com a antecipação do plantio, os produtores irão colher a soja mais cedo, permitindo que as sementes do milho safrinha também cheguem mais cedo à terra, evitando problemas climáticos a partir de maio, como seca e geada.

O presidente da Associação dos Engenheiros Agrônomos da Grande Dourados (Aeagran), Bruno Andrade Tomasini, ressaltou que "todas as chuvas vieram em boa hora para o plantio desde outubro. Tanto que muitos produtores seguraram um pouco as plantadeiras nos barracões para que a soja não fosse plantada tudo de uma só vez, o que seria um risco em caso de seca."

A estação da Embrapa anotou a precipitação de quase 30 milímetros no final de semana, gerando um acumulado de novembro de 73,6 mm, até ontem. Mas as chuvas chegaram a 170 mm nos últimos dias na região de Itahum, acima do esperado pelos agricultores, comentou o agrônomo, produtor e sócio de uma revenda de insumos, Sergio Miranda.

Tanto Miranda como Tomasini confirmaram que a soja está 100% plantada na região de Dourados, exceto pequenas áreas isoladas que ainda não tinham tido chuva suficiente para a conclusão da semeadura.

Leia Também