Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 22 de fevereiro de 2019 - 05h24min

Produtores calculam prejuízo de R$ 300 mil

19 JUL 10 - 20h:19
Fábio Dorta, Dourados

Somente em Caarapó, as mortes de gado provocadas pelo frio já causaram prejuízo superior a R$ 300 mil, conforme estimativa do presidente do Sindicato Rural da cidade, Jesus Camacho. O número pode ser ainda maior, pois muitos produtores rurais da região ainda não comunicaram as mortes de bois e nem todas as fazendas foram visitadas
Ainda não foram divulgados números oficiais, mas a quantidade de rezes mortas por causa do frio pode passar de 600 nos municípios Caarapó e Antônio João. Na primeira cidade, foram registradas mortes em 16 fazendas, que ocorreram durante a madrugada de sábado, quando a temperatura chegou aos 3 graus.
Apenas na propriedade de Camacho morreram 80 bovinos. A área mais atingida foi da Fazenda Santa Maria, com 151 mortes.
Frio contínuo
O escritório local da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal do Estado do Mato Grosso do Sul (Iagro) orientou aos fazendeiros que enterrem o mais rapidamente os animais em valas que deverão ser abertas em pontos altos das propriedades e distante das nascentes de água para evitar que haja contaminação.
A previsão dos institutos de meteorologia para a região sul do Estado é de que continua fazendo muito frio durante toda esta semana, com pouca chuva. Para Caarapó, por exemplo, a temperatura mínima deverá ficar em 8 graus amanhã.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Supersalários da previdência  de MS chegam a R$ 68 mil
ROMBO

Supersalários da previdência
de MS chegam a R$ 68 mil

Cota de pesca é reduzida  pela metade no Estado
DECRETO

Cota de pesca é reduzida
pela metade no Estado

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta sexta-feira: "Supersalários x Previdência"

ARTIGO

Lorena Ribeiro Palheta Frederico: "Vale e a resposta da Bolsa de Valores após Brumadinho"

Advogado

Mais Lidas