Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

Cinema

Produções mineiras vencem o Festival de Brasília

1 DEZ 2010Por Oscar Rocha10h:30

 Os mineiros foram os grandes vencedores do  43º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, que terminou ontem.  “O Céu sobre os ombros”, do estreante em longas Sérgio Borges, levou cinco troféus –  filme,  direção,  montagem, roteiro e  o Especial do Júri para seus personagens-atores. Depois deste, outro representante de MInas Gerais mais lembrado pelo júri na premiação foi  “Os residentes”, de Tiago Mata Machado, que ficou com os troféus de melhor fotografia , trilha sonora, atriz (Melissa Dullius) e atriz coadjuvante (Simone Sales de Alcântara).

 “O Céu sobre os Ombros” mistura documentário e ficção, mostrando momento do cotidiano de três personagens – um transexual, um operador de telemarketing e um escritor. “Os residentes” destaca pessoas numa casa que resolvem criar sua própria forma de organização  social e existencial. Aos poucos, a atitude influência outras pessoas.
Do Rio de Janeiro, veio outro filme bem premiado na competição. “Transeunte”, primeiro ficção do diretor Eryk Rocha (“Pachamama”), venceu os prêmios de melhor som, melhor filme para a crítica e também o de melhor ator – este, para o veterano Fernando Bezerra (de “Linha de passe” e “Sargento Getúlio”). Ainda houve  premiações nas categorias curta-metragem 35mm e curta-metragem digital.

Leia Também