quarta, 18 de julho de 2018

ANP

Produção nacional de gás aumentou 6,2% em setembro

4 NOV 2010Por 19h:13

A produção de gás no Brasil bateu recorde em setembro, com 63,9 milhões de metros cúbicos por dia, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP). A produção de gás aumentou 6,2% em relação ao mesmo mês no ano passado e 2,25% em comparação com agosto. Já a produção de petróleo teve uma redução no volume de 4% em relação a agosto, para 1,987 milhão de barris por dia. Em agosto, foi registrado recorde de produção de óleo, com 2,068 milhões de barris por dia.

Segundo a ANP, a queda na produção de petróleo em relação a agosto aconteceu principalmente devido à redução no Campo de Marlim, que teve uma suspensão programada para manutenção das plataformas P-35 e P-33. Em relação a setembro de 2009, no entanto, a produção de petróleo registrou aumento de 0,24%, informou a agência.

Somando petróleo e gás, a ANP informou que a produção nacional atingiu 1,998 milhão de barris de óleo equivalente, ante 2,078 milhões em agosto. A Bacia de Campos lidera a produção brasileira com 1,856 milhão de barris de óleo equivalente por dia. A Bacia do Espírito Santo assumiu a segunda posição com 111.547 barris diários, ultrapassando a Bacia de Solimões, com 100.514 barris. Roncador, Marlim Sul e Marlim, todos na Bacia de Campos, foram os três maiores produtores de petróleo em setembro. Dos 30 maiores campos produtores, 26 são da Petrobras, dois da Shell, um da Chevron e um pertence a Devon. Ainda segundo a ANP, em setembro, 21 empresas operadoras produziram petróleo e/ou gás em 74 concessões marítimas e 218 terrestres.

Leia Também