Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

Produção industrial tem em junho 3ª queda consecutiva

3 AGO 2010Por 14h:30
     

A produção industrial brasileira caiu 1,0% em junho deste ano, na comparação com o mês anterior. O recuo em relação a maio foi a terceira taxa negativa, o que significa uma perda acumulada de 2,0% entre abril e junho. O dado consta da Pesquisa Industrial Mensal, divulgada hoje (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em relação a junho de 2009, no entanto, a produção industrial aumentou 11,1%. No primeiro semestre deste ano, o crescimento foi de 16,2% em relação ao mesmo período de 2009 e, no acumulado dos últimos 12 meses, de 6,5%.

Vinte dos 27 setores pesquisados pelo IBGE tiveram redução na produção de maio para junho. Os principais impactos negativos em junho vieram dos produtos químicos (-4,4%), de máquinas para escritório e equipamentos de informática (-11,6%), alimentos (-1,6%), produtos de metal (-5,2%), material eletrônico e equipamentos de comunicações (-4,9%), do setor farmacêutico (-3,4%) e de veículos automotores (-1,1%).

                Entre as sete atividades que tiveram crescimento na produção, os destaques foram para produção, refino de petróleo e produção de álcool (2,6%), edição e impressão (2,9%) e bebidas (2,6%).

Leia Também