Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 22 de fevereiro de 2019 - 13h36min

Produção de petróleo continua em queda no país

4 SET 12 - 20h:00AGÊNCIA BRASIL

A produção de petróleo e gás natural nos campos do país continuou em queda em julho deste ano, tanto em relação ao mês de junho, quanto em comparação com o mês de julho do ano passado.

Dados divulgados hoje (04) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) indicam que a produção de petróleo equivalente (petróleo e gás natural) atingiu no mês de julho 2,023 milhões de barris de média diária, uma queda de 2,6% em relação a julho do ano passado e de 0,5% comparativamente a junho deste ano.

Isoladamente, a produção de gás natural chegou a 71 milhões de metros cúbicos de média diária, neste caso um crescimento de 6,1% em relação ao mesmo mês de 2011, mas uma redução de 1,4% na comparação com o mês anterior.

As informações da ANP indicam que a plataforma P-52, localizada em Roncador, foi a que produziu o maior volume do país como uma extração diária de 151,1 mil barris de petróleo equivalente. Já o maior campo produtor, tanto de petróleo quanto de gás natural foi o de Marlim Sul, na Bacia de Campos, com extração diária média de 321,9 mil barris de óleo equivalente por dia.

Já as maiores reduções de produção de petróleo e gás natural, em relação ao mês anterior, foram observadas nos campos de Marimbá e Albacora Leste, devido às paradas programadas para manutenção das plataformas P-08 (Marimbá) e P-50 (Albacora Leste).

Um dado positivo na produção de petróleo é a redução da queima de gás no processo produtivo do país. Segundo a ANP, a queima de gás natural caiu 30,7% em um ano (de julho de 2011 para julho de 2012), embora tenha se mantido praticamente estável em relação a junho desde ano, tendo atingido 3 milhões e 600 mil metros cúbicos.

A ANP informou, ainda, que no mês de julho de 2012, 308 concessões, operadas por 26 empresas, foram responsáveis pela produção nacional. Destas, 79 são concessões marítimas e 229 terrestres. Do total das concessões produtoras, sete encontram-se em atividades exploratórias e produzindo por meio de testes de longa duração (poços produzindo de forma transitória), e 11 são relativas a contratos de áreas contendo acumulações marginais (campos que produzem há algum tempo).

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

World Press Photo

Imagens indicadas a prêmio exploram acontecimentos mundiais de 2018

Vencedor será anunciado em 11 de abril, em Amsterdã
CONFLITO

Militares venezuelanos abrem fogo contra opositores perto da fronteira com o Brasil

O ditador Nicolás Maduro ordenou o bloqueio da fronteira entre os dois países
Khloé Kardashian se manifesta publicamente pela 1ª vez após traição
REDE SOCIAL

Khloé Kardashian se manifesta publicamente pela 1ª vez após traição

Fernanda Montenegro recebe alta em hospital no Rio
ATRIZ

Fernanda Montenegro recebe alta em hospital no Rio

Mais Lidas