Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

quinta, 21 de fevereiro de 2019 - 12h56min

Produção de móveis deve primar pelo respeito ao meio ambiente

19 MAR 10 - 04h:06
Preocupar-se com as nossas florestas é uma obrigação. Hoje em dia, a questão ecológica está sendo tratada com mais importância, diferente de como era antes, assim, todo brasileiro tem sua parcela de responsabilidade. O profissional da arquitetura e decoração, que é um especificador, tem ainda mais responsabilidade porque é ele quem seleciona o material que vai ser utilizado na industrialização. A economia de material e o tipo usado nos projetos são fundamentais para obter menor impacto ambiental possível. Um material industrializado, como o MDF, por exemplo, quando é certificado é oriundo de um manejo florestal confiável. O FSC é o selo que mais tem credibilidade no mercado, pois é a garantia de que o material não foi retirado de maneira arbitrária ou criminosa. A Leo Madeiras, sempre preocupada em disponibilizar produtos ecologicamente corretos, inaugurou a seis anos a primeira revenda de madeira certificada da América Latina e a terceira no mundo a ter o selo FSC (Conselho de manejo florestal). E de acordo com Mariana Caldart, gerente comercial da franquia em Campo Grande, “trabalhar com produtos ecologicamente corretos, e ajudar o profissional da marcenaria a estar sempre informado das tendências de mercado é de extrema importância para nós”, diz Mariana, que promete inovar e revolucionar o conceito do comércio varejista no ramo da marcenaria e construção seca em Campo Grande.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Deputados avaliam alternativas para reduzir impacto da Cota Zero
MEIO AMBIENTE

Deputados avaliam alternativas sobre impacto da Cota Zero

Campo Grande deve voltar a fazer parte das grandes competições vôlei
VIVAVÔLEI

Capital deve voltar a fazer parte das competições vôlei

Damares diz que vai rever  atuação de ONGs na Funai
AUDIÊNCIA PÚBLICA

Damares diz que vai rever
atuação de ONGs na Funai

Prefeito considera redução da atuação da guarda como retrocesso
DECISÃO JUDICIAL

Redução da atuação da guarda é retrocesso, diz Prefeito

Mais Lidas