Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

mix

Produção de etanol em MS supera média nacional

13 MAI 2011Por DA REDAÇÃO14h:33

Dados da Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Biosul) e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) indicam que mesmo com o aumento na produção de açúcar, o Estado destina 31,96% da cana para esta finalidade contra 45% da média nacional.

De acordo com o presidente da Biosul, Roberto Hollanda, o aumento que o Estado teve na produção de açúcar é uma tendência natural do mercado. “MS é o estado que mais cresce em área de cana, vamos produzir 22% a mais que no ano passado. O açúcar teve aumento por conta de três usinas que entraram em funcionamento nesta safra. Mesmo assim, o mix de produção daqui favorece a produção de etanol”, esclarece.

A alta nos preços deste ano ocorreu por causa de uma entressafra que seguiu uma crise internacional e difíceis condições climáticas, como seca e chuvas excessivas. “As condições das últimas safras influenciou nos investimentos do setor, que acabaram ficando parados. Com isso, aumentou a demanda, mas a produção não. Agora, a força tarefa é para transformar essa realidade”, sustenta Hollanda.

Sobre a comparação com os dados da Conab, a Biosul informa que são muito parecidos, com variação de no máximo 10%. “Essa diferença acontece porque se trata de uma previsão. Nossos números nem poderiam ser diferentes porque ajudamos a Conab a fazer esse levantamento”, explica Hollanda.

Queda nos preços

Como era esperado, o preço do etanol iria começar a cair nesse mês, com o início da safra. Dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Esalq/USP indicam que nos último dias, a queda chegou a 20% e deve continuar caindo nos próximos dias.

Leia Também