Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

Procuradoria suíça denuncia brasileira acusada de mentir sobre agressão

16 OUT 2009Por 10h:42
     

                A Procuradoria de Zurique encaminhou à Justiça da Suíça uma denúncia contra a brasileira Paula Oliveira, que confessou ter mentido sobre ter sido vítima de um ataque neonazista na Suíça em fevereiro deste ano. Ela deve responder pelo crime de "induzir a Justiça ao erro". Segundo o órgão, a denúncia foi apresentada na quarta-feira (14, e visa a condenação de Paula, sob a pena de pagamento de multa, além de arcar com os gastos referentes ao caso.

                A brasileira está proibida de deixar a Suíça desde fevereiro, quando o Ministério Público de Zurique abriu um processo penal contra ela por falsa denúncia, depois que exames mostraram que Paula não estava grávida no momento da suposta agressão, como ela tinha declarado às autoridades.

                Com informações da Folha Online

Leia Também