terça, 17 de julho de 2018

BRASIL

Procuradoria pede que Globo evite 'banalização do sexo' no BBB

12 JAN 2011Por FOLHA ONLINE10h:24

Após as polêmicas do "BBB 10" com Marcelo Dourado, que disse que heterossexuais não pegam Aids, a Procuradoria Geral da República pediu à Globo que evite "banalização do sexo" e "incitação de discriminação, racismo e homofobia".

No documento, diz que a Globo pediu que o "BBB11" fosse classificado como não recomendado a menores de 12 anos --as edições anteriores eram de 14. Portanto, cenas de "nudez quase explícita" não poderiam aparecer.

A Central Globo de Comunicação afirmou que "é grande a preocupação da Globo com o conteúdo, tanto que possui o documento de Princípios e Valores no Vídeo, balizador para todas as equipes e a área de controle de qualidade da programação. Os programas são adequados ao público a que se destinam."

Leia Também