Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

provocações

Procuradoria analisa imagens para apurar incitação em sessão

28 DEZ 13 - 00h:00jéssica benitez

A Procuradoria Jurídica da Câmara Municipal está analisando gravações das câmeras de vídeo da última quinta-feira (26), quando houve sessão de julgamento do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), e o secretariado municipal, bem como funcionários comissionados estiveram na Casa de Leis. A inspeção é para apurar se os servidores incitaram violência contra os vereadores ou provocaram brigas entre os militantes.

Além disso, o tempo de permanência de cada um deverá ser contabilizado, pois, ao que tudo indica, grande parte dos secretários abandonaram as pastas para ficar na Câmara protestando.

Assim como a assessora de comunicação Márcia Scherer fez há alguns dias, o superintendente de Comunicação do Município, Djalma Jardim, se envolveu em polêmica, pois foi fotografado mostrando o dedo do meio em direção ao plenário. Ele, porém, nega que o gesto seria direcionado aos vereadores e garante que entrará com processo contra o fotógrafo que eternizou o momento de fúria. 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ANOS 90

Com torneio como opção por vagas no Mundial, CBF é contra volta da Supercopa

Torneio reunia os campeões da Copa Libertadores
ESTADOS E MUNICÍPIOS

Bolsonaro sanciona lei que divide recursos do megaleilão do petróleo

Capital pede mais investimentos na área de infraestrutura
GOVERNO PRESENTE

Capital pede mais investimentos na área de infraestrutura

Presidente do Ibama diz que derramamento de óleo é situação inédita
PRAIAS DO NORDESTE

Presidente do Ibama diz que derramamento de óleo é situação inédita

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião