Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

CAS ZEOLLA

Procurador aposentado que matou sobrinho batalha por liberdade

28 JUN 2012Por Thiago Gomes00h:00

O procurador de Justiça aposentado Carlos Alberto Zeolla está travando uma batalha judicial para ser beneficiado com liberdade condicional. Condenado pelo assassinato do sobrinho Claudio Alexander Joaquim Zeolla, ocorrido em março de 2009, em Campo Grande, ele pegou oito anos e seis meses de reclusão, em regime semiaberto. Mas, desde a data do crime vem cumprindo a pena na Clínica Carandá em decorrência de transtornos mentais.

Na semana passada, o juiz da 2ª Vara de Execução Penal, Albino Coimbra Neto, determinou a transferência do procurador para o Centro Penal Agroindustrial Gameleira, unidade de regime semiaberto localizada na região da saída para Sidrolândia. Mas, na última terça-feira, o Tribunal de Justiça ordenou a volta dele à clínica.

Leia mais no jornal Correio do Estado
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também