Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

natal

Procon registra mais de 80 atendimentos

28 DEZ 2010Por NOTÍCIAS MS00h:00

O horário especial do comércio que antecedeu o período de Natal levou muitas pessoas às compras na Capital. Para resguardar o consumidor de possíveis problemas na hora de escolher os presentes, o Procon/MS manteve horário especial de atendimento por telefone (151) entre os dias 6 e 24 deste mês, de segunda à sábado até as 22h e aos domingos das 9h às 18h.

Neste período o órgão de defesa realizou 57 orientações por telefone e 15 agendamentos para abertura de processo administrativo nos casos em que os consumidores efetuaram a compra e depois formalizaram a reclamação. “A maior parte dos casos é por má qualidade na prestação do serviço”, explica o coordenador do Procon Alexandre Monteiro Resende.

A equipe de fiscalização foi enviada para atender 24 chamadas nos shoppings e comércio central. As queixas dos consumidores foram por divergência de preços entre valor cobrado e inscrição na etiqueta; falta de informação clara e adequada e porque algumas lojas cobram preço à vista diferenciado para pagamento com cartão de crédito.

De acordo com Resende, o resultado do atendimento foi satisfatório por ter sido adotado pela primeira vez e será aplicado em outros meses do ano. “Em todas as datas comemorativas, quando aumentam as vendas no comércio, vamos montar os plantões para garantir proteção ao consumidor”, justifica.

Comércio aquecido

As vendas no comércio de Campo Grande, entre os dias 1º e 24 de dezembro, registraram alta de 10,38% em comparação ao mesmo período do ano passado, segundo pesquisa divulgada hoje (27) pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG). Os produtos mais vendidos foram calçados, vestuário, óculos, joias, bijouterias e cosméticos.

De acordo com informações da ACICG vários fatores contribuíram para o bom resultado nas vendas deste ano como a estabilidade econômica, com manutenção dos empregos e a facilidade na obtenção de crédito. Outro fator que merece destaque foi a parceria que as entidades do comércio fizeram com o governo do Estado e a prefeitura para realização da campanha Natal Mágico. “O governador André Puccinelli não mediu esforços para garantir o bom desempenho das empresas, inclusive antecipando o pagamento do 13º salário", comentou o presidente da Associação, Luiz Fernando Buainain.

Leia Também