Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

Processo contra vereador tucano deverá acabar em pizza

14 MAR 2009Por 08h:09
     

         

O processo contra o vereador João Rocha (PSDB), acusado de insubordinação, deverá acabar em pizza. Ele é alvo do partido desde o dia primeiro de janeiro, quando desobedeceu a legenda ao deixar de votar em Cristóvão Silveira (PSDB) para presidente da Câmara de Vereadores de Campo Grande e apoiar Paulo Siufi (PMDB), que acabou vencendo as eleições.

 

Logo após descumprir a determinação da cúpula do PSDB, João Rocha foi alvo de várias críticas. Tucanos chegaram a pedir a expulsão do vereador, no entanto, o caso foi esfriando e, passados mais de dois meses, a punição máxima que se cogita é uma advertência verbal ao vereador.

Leia Também