Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Problema em software atrapalha desempenho de Vettel

Problema em software atrapalha desempenho de Vettel
15/03/2014 18:15 - FOLHAPRESS


Um problema num dos softwares de seu Red Bull acabou atrapalhando o desempenho de Sebastian Vettel no treino de classificação de hoje, em Melbourne.

O tetracampeão mundial largará apenas na 12ª colocação, enquanto seu companheiro de time, Daniel Ricciardo, sai em segundo.

O problema, de acordo com a Renault, que fornece motores para a equipe austríaca, foi causado por uma atualização no software que não funcionou como deveria no carro de Vettel e fez com que o propulsor perdesse potência.

"Mudamos o acerto do carro de ontem para hoje e fizemos a atualização de um software, mas hoje em dia, nesta F-1 moderna a gente depende muito da programação de vários softwares e não é fácil para nós pilotos entendermos direito tudo o que acontece", afirmou o piloto alemão. 

Apesar de desapontado com sua posição, Vettel disse que o bom desempenho de Ricciardo no treino em Melbourne é um sinal de que o carro da Red Bull tem potencial. Mas que, por conta dos problemas do time na pré-temporada, ele teme não completar a corrida de amanhã.

"Não conseguimos fazer nenhuma simulação de corrida ainda, nem sequer completamos o equivalente à distância de um GP de uma única vez. Acho que evoluímos em termos de confiabilidade desde a pré-temporada, mas ainda há um longo caminho pela frente", completou o tetracampeão.

"Por enquanto nossa prioridade tem que ser completar a corrida." 

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?