terça, 17 de julho de 2018

NOIVADO

Príncipe William dá à namorada anel que era de Diana

16 NOV 2010Por g115h:17

O príncipe William deu à namorada de longa data, Kate Middleton, um anel de noivado que pertenceu a sua mãe, a princesa Diana - anunciou nesta terça-feira a Clarence House, a residência oficial do príncipe Charles da Inglaterra.

Mais, cedo a família real havia informado que William vai se casar no próximo ano com Kate. Eles noivaram em outubro, no Quênia.


William deu o mesmo anel de noivado - com uma safira azul rodeada de diamantes - que seu pai, o príncipe Charles, entregou a Diana quando a pediu em casamento, em fevereiro de 1981.

O anel, criado pela joalheria Garrard, custou na época 28 mil libras (mais de R$ 77 mil).

O casamento deve ocorrer na primavera ou no verão de 2011 (outono ou inverno no hemisfério sul), segundo a Clarence House, residência oficial do príncipe Charles. Mais detalhes devem ser adiantados futuramente.

William, filho mais velho do príncipe Charles e da princesa Diana, é o segundo na linha sucessória do trono britânico.


Kate Middleton e o príncipe William sorriem durante o anúncio oficial de seu casamento, no Palácio de St. James, em Londres, nesta terça-feira (16). (Foto: AP)saiba mais

Saiba mais

Eles namoram há cerca de oito anos, só interrompidos por uma breve separação em 2007.

Eles se comprometeram em outubro passado, durante férias no Quênia, segundo o comunicado divulgado nesta terça.

William já comunicou o casamento à Rainha Elizabeth II e já pediu autorização ao pai da noiva, que é empresário.

A rainha informou que está "encantada" com a notícia.

Uma reunião do primeiro-ministro David Cameron com seu gabinete foi interrompida por um telefonema do palácio para anunciar o casamento.

'O primeiro-ministro está encantado com a notícia e expressou que deseja o melhor para o feliz casal', disse um porta-voz de Cameron.

A data do casamento foi confirmada após muitos anos de especulação da imprensa britânica.

Depois do casamento, o casal vai morar em Gales do Norte para que o príncipe possa continuar servindo na Força Aérea.

Leia Também