TRANSFERÊNCIA

Principal chefe do PCC, Marcola irá para o isolamento, diz advogado

Principal chefe do PCC, Marcola irá para o isolamento, diz advogado
11/03/2014 11:15 - terra


O advogado Marco Antônio Arantes de Paiva, que defende o principal chefe da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, afirmou na segunda-feira que a Justiça de São Paulo determinou a transferência de seu cliente para o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), onde ele ficará isolado 22 horas por dia. A decisão é válida também a outros três membros da quadrilha - todos suspeitos de participar de um suposto plano de fuga da prisão. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Na última sexta-feira, a Justiça paulista havia negado o segundo pedido feito pelo secretário executivo do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) para isolar Marcola no RDD.

De acordo com o jornal, a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) não foi localizada para confirmar se o encaminhamento de Marcola ao regime especial foi de fato determinado.  

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".