Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 14 de novembro de 2018

Primeiro-ministro da Síria deixa o governo

6 AGO 2012Por agência brasil07h:47

No cargo há menos de dois meses, o primeiro-ministro da Síria, Riad Hijab, deixou a função. O governo do presidente sírio, Bashar Al Assad, informou que Hijab foi demitido, mas a organização não governamental Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) disse que ele renunciou.

A emissora pública de televisão da Síria informou apenas "Riad Hijab foi demitido das funções de primeiro-ministro”. No entanto, o chefe do observatório, Rami Abdel Rahmane, disse que o primeiro-ministro deixou o país. “Ele [Riad Hijab] fugiu da Síria.”

Há 17 meses, a Síria está sob um clima de guerra. Manifestantes contrários ao governo Assad enfrentam as forças leais ao presidente nas principais cidades do país. A oposição exige a renúncia de Assad, a transição política negociada e o fim das violações aos direitos humanos. A estimativa das organizações não governamentais é que mais de 20 mil pessoas tenham morrido no país.

Nos últimos dias, aumentaram as deserções no governo Assad. Diariamente há informações de militares e integrantes do governo que abandonam suas funções e se aliam à oposição.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também