Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

Violência

Primeira audiência do caso segurança Brunão é marcada por protesto

5 MAI 2011Por LAIS CAMARGO/MICHELLE ROSSI15h:13

Familiares e amigos do segurança Jefferson Bruno Gomes Escobar, o 'Brunão', chegaram ao Fórum em clima de protesto. Estão sendo ouvidas pelo juiz Aluízio Pereira dos Santos 17 testemunhas de acusação nesta primeira audiência do caso. O acusado, Christiano Luna de Almeida, foi solto na segunda-feira (2) e estava preso desde quando aconteceu o fato, no último dia 19 de março.

Entre as testemunhas está um vendedor de bombons, de 14 anos, que já depôs. Ele é considerado pela Polícia Civil como peça-chave para o desenrolar das investigações, já que viu o que aconteceu enquanto Brunão e Christiano estavam fora do alcance das câmeras de segurança. Ainda está previsto o depoimento de Rafael Mecchi, que foi espancado por Christiano na Expogrande 2009.

Familiares e amigos do segurança estão marcando outra manifestação no sábado às 8h30min, na esquina da Avenida Afonso Pena com a Rua 14 de Julho.

No dia 14 de junho, às 13h15min, o juiz deverá ouvir 12 testemunhas de defesa de Christiano, acusado de ser o autor do crime.

Leia Também