Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

PRF usa helicóptero em perseguição para prender traficantes

30 JUL 10 - 09h:09
Vânya Santos

Após perseguição, disparos e utilização de helicóptero, Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu quatro pessoas que transportavam 90,5 quilos de maconha e furaram barreira policial. O episódio teve início por volta das 4h de ontem, no Posto São Pedro, que fica no km 577 da BR-163, no entroncamento para Camapuã.
De acordo com a PRF, dois agentes faziam fiscalização no local e, quando da passagem de um veículo Parati, com placas do Paraná, os policiais deram ordem de parada. O motorista M.A.G., de 22 anos, desobedeceu e acelerou o carro.
Os agentes então deram início a perseguição, que terminou cerca de um quilômetro adiante. Segundo informações da polícia, durante o trajeto os policiais efetuaram seis disparos para forçar a parada do condutor, que saiu da pista jogando o carro em direção a um matagal.
Três dos quatro integrantes do veículo conseguiram fugir, enquanto o motorista M.A.G. foi pego quando tentava sair do veículo. Durante vistoria na Parati, foram encontrados tabletes de maconha no porta-malas, que totalizaram 90,5 quilos da droga. Foram enviadas quatro viaturas de Campo Grande e também um helicóptero para ajudar na busca pelos foragidos.
Por volta das 9h30min, equipe que trafegava numa viatura descaracterizada prendeu A.L.M., de 22 anos, que caminhava na margem da BR-163. Uma horas depois, o helicóptero localizou H.A. de 22 anos, e G.F.S., de 24 anos. Na ocasião, eles caminhavam na margem da rodovia, próximo ao Posto Santana 2, em Bandeirantes, a cerca de 10 quilômetros de onde o carro foi interceptado.
Conforme a PRF, a quadrilha adquiriu a droga em Dourados e a levaria para Cuiabá. Três integrantes do grupo têm passagem por roubo. Os envolvidos foram levados para a Delegacia de Bandeirantes, autuados por tráfico de drogas, formação de quadrilha e serão encaminhados para a Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf), na Capital.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BOLÍVIA

Evo admite que não deveria ter buscado 4º mandato e partido anuncia candidato

Laudo necroscópico da perícia será determinante para definir caminhos da investigação
SURTO NO MOTEL

Laudo necroscópico da perícia será determinante para definir caminhos da investigação

Há intervalo de 3h entre momento que casal chegou ao motel e surto de mulher, diz delegado
SURTO NO MOTEL

Há intervalo de 3h entre momento que chegaram e surto de mulher, diz delegado

De quase 50 mil candidatos, apenas uma tirou nota máxima na redação do Enem em MS
NOTA 1000

De quase 50 mil candidatos em MS, apenas uma tirou nota máxima na redação do Enem

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião