Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 21 de outubro de 2018

PRF para traficantes com tiros de fuzil

13 JUL 2010Por 09h:42
anahi zurutuza | karine cortez

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) interceptou ontem, com tiros de fuzil, os traficantes Laudelino Ferreira Vieira, 31 anos – que usava documento falso com nome de Jairo Santos – e Lauro Moreira dos Santos, 31 anos. Os dois estavam em uma motocicleta, furaram bloqueio da PRF, trocaram tiros com policiais e acabaram baleados. Durante revista a polícia encontrou cerca de 6 quilos de pasta base de cocaína e folhas de coca guardados na mochila dos rapazes.
O confronto entre bandidos e inspetores do Núcleo de Operações Especiais (NOE) da PRF ocorreu por volta das 11 horas de ontem, na BR-262, saída para Terenos, pouco depois do trecho conhecido com Curva do Jaraguá. Ainda na BR-262, mais precisamente na rotatória situada na entrada de Campo Grande, a polícia prendeu José Aparecido Ferreira Vieira, 35 anos, que estava numa caminhonete S10 aguardando o recebimento das drogas.
Sete policiais do NOE, entre eles três do Rio de Janeiro, faziam rondas na BR-262 usando duas viaturas. Os agentes pediram para que um veículo Sedan e a motocicleta parassem. O carro estacionou no acostamento, mas a moto, que transitava no sentido Terenos-Capital, iniciou fuga em alta velocidade. Policiais perseguiram os dois homens por cerca de dois quilômetros, com a sirene ligada e dando ordem para que os bandidos parassem, até que o passageiro da moto, Laudelino, sacou uma pistola 9 milímetros e começou a atirar contra os agentes. Foi então, que segundo a PRF, policiais, armados com fuzis 762, atiraram contra os criminosos.
Os dois homens estavam em uma motocicleta Honda Tornado XR 250, placas DNI-7633, de Presidente Epitácio (SP), e segundo a PRF, entregariam as drogas para José Aparecido que aguardava na estrada com a caminhonete S10, placas HRG-6416, de Nova Andradina (MS).
Feridos
Baleados, os dois caíram da moto e foram imobilizados pelos policiais à margens da rodovia, para aguardar o socorro. O Corpo de Bombeiros realizou o atendimento.
Laudelino, 31 anos, foi atingido no braço, abdômen, pernas e pé e, segundo os bombeiros, o estado de saúde dele era grave. Já Lauro, 31 anos, levou tiros nas costas, pernas e tornozelos. O quadro dele era considerado estável. Os bandidos foram levados para a Santa Casa de Campo Grande e deram entrada às 11h35min no pronto-socorro. A assessoria de imprensa do hospital informou que os dois não correm risco de morte e estavam passando por avaliação na tarde de ontem.
A S10, a moto, as drogas e o condutor da caminhonete foram levados para a Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotáfico (Denar), na Capital. Nenhum policial se feriu.

Outro carro
O motorista do veículo Sedan abordado pela PRF testemunhou o ocorrido. O agricultor, que pediu para ter a identidade preservada, confirma a versão dos policiais. “Os caras começaram a atirar de repente, uma bala pegou no vidro do meu carro. Eu já estava para fora, entregando a documentação para os policiais olharem e tive que me esconder atrás do carro para não levar uma bala. Foi um momento bem tenso”.
Helicóptero
Desconfiados de que se tratavam de traficantes perigosos e que estariam também envolvidos com tráficos de armas, a PRF solicitou auxilio do helicóptero para vistoriar a residência de José Aparecido, no Bairro Jardim Canguru. Os policiais estiveram no local, mas não encontraram drogas nem armas.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também