Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

quinta, 21 de fevereiro de 2019 - 13h04min

Disputa pelo senado

Prévias do PMDB encurtam férias de Valter Pereira e Waldemir Moka

24 JAN 10 - 06h:31MARCO EUSÉBIO, DA REDAÇÃO e ROSE RODRIGUIES, DE TRÊS LAGOAS
A disputa pela candidatura do PMDB estadual ao Senado nas eleições deste ano reduziu as férias dos candidatos à vaga neste período de recesso no Congresso Nacional. O senador Valter Pereira ficou apenas oito dias em Natal (RN) e retornou ao Estado no dia 2 deste mês para retomar a campanha com os correligionários. Seu adversário, o deputado federal Waldemir Moka, ficou nove dias em Porto Belo (SC) e voltou no dia 7 para pedir votos aos colegas de partido. As prévias para escolha do candidato do PMDB ao Senado estão marcadas para o dia 7 de março. Duas das três vagas do Estado estão em disputa nas eleições deste ano. No entanto, lideranças peemedebistas pretendem lançar apenas um candidato da sigla. A outra vaga seria destinada a um partido aliado. Hoje, uma das cadeiras é ocupada pelo próprio Valter Pereira que, como suplente, assumiu a cadeira com o falecimento de Ramez Tebet; e a outra, pelo petista Delcídio do Amaral. Em busca de apoio, os dois candidatos têm percorrido todo o Estado. Moka foi à região do Bolsão na semana passada, começando terça- feira (19) por Bataguassu e visitando correligionários em Brasilândia, Santa Rita, Selvíria, Aparecida do Taboado, Paranaíba e Cassilândia. Retornou a Campo Grande na sexta-feira e no sábado visitou Rio Negro, Corguinho e Rochedo. Neste domingo, deve ir a Paraíso das Águas, município que poderá eleger seu primeiro prefeito no dia 14 de março. Agenda Valter Pereira também esteve na região do Bolsão nos últimos dias. Na sexta-feira visitou Brasilândia e Três Lagoas. No sábado foi a Aparecida do Taboado e Paranaíba. Hoje, em Campo Grande, fará reunião com sua equipe para avaliar a campanha. E deve visitar municípios da região da Grande Dourados e do Vale do Ivinhema no começo da semana. Em Três Lagoas, Valter disse que se perder a disputa para Moka nas prévias, vai apoiar a candidatura do colega de partido ao Senado. Durante seu discurso, o senador defendeu o nome da prefeita Simone Tebet (PMDB) como candidata a vice na chapa do governador André Puccinelli nas próximas eleições. Segundo ele “Simone é candidata natural ao cargo”. A prefeita não participou do ato, que contou com a presença de aproximadamente 100 pessoas. Ela estava em Campo Grande por conta de compromissos oficiais com o Governo do Estado. O presidente do PMDB, Eduardo Rocha, apesar de estar na cidade, não compareceu. O senador foi recebido no aeroporto pela vice-prefeita, Márcia Moura.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Deputados avaliam alternativas para reduzir impacto da Cota Zero
MEIO AMBIENTE

Deputados avaliam alternativas sobre impacto da Cota Zero

Campo Grande deve voltar a fazer parte das grandes competições vôlei
VIVAVÔLEI

Capital deve voltar a fazer parte das competições vôlei

Damares diz que vai rever  atuação de ONGs na Funai
AUDIÊNCIA PÚBLICA

Damares diz que vai rever
atuação de ONGs na Funai

Prefeito considera redução da atuação da guarda como retrocesso
DECISÃO JUDICIAL

Redução da atuação da guarda é retrocesso, diz Prefeito

Mais Lidas