Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

Prestadoras de serviços que atendem Enersul podem parar

25 AGO 2009Por 16h:32
     

 

As empresas que prestam serviços à Enersul na área de corte, ligação, re-ligação, inspeção, leitura de energia, manutenção das redes elétricas, plantão de atendimento entre outras atividades, poderão estar com seus dias contados e parar suas atividades, de acordo com Elvio Marcos Vargas, presidente do Sindicato dos Eletricitários de Mato Grosso do Sul.

Os trabalhadores reivindicam melhores condições de trabalho e assistência médica, além de piso salarial para os eletricistas e leituristas. O acordo Coletivo de Trabalho com a maioria das prestadoras de serviços venceu em maio.

O presidente do sindicato diz que está preocupado porque duas prestadoras de serviços foram à falência (Logistech e Ertec) e a Engelétrica, que presta serviços à Enersul está encerrando as atividades após várias paralisações das atividades por causa da falta de pagamento de salários e benefícios.

Élvio diz ainda que a maioria das empresas que já prestam serviços à Enersul e que iriam participar de processo de licitação, estão desistindo devido ao reajuste proposto pela Enersul.

Leia Também