Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

CORRUPÇÃO

Presos na Bahia pela PF sete prefeitos envolvidos em fraude de cerca de R$ 60 milhões

10 NOV 2010Por AGÊNCIA BRASIL22h:19

Sete prefeitos suspeitos de irregularidades foram presos hoje (10) durante a Operação Carcará da Bahia, da Polícia Federal. Eles são acusados de desvio de verbas públicas em licitações destinadas à compra de medicamentos e de merenda escolar e à execução de obras públicas. O esquema fraudulento provocou um rombo de cerca de R$ 60 milhões aos cofres públicos, calcula a Controladoria-Geral da União (CGU).

De acordo com a PF, foram encontradas irregularidades em 20 municípios baianos e mais de 40 pessoas estão presas. Além dos prefeitos, servidores públicos municipais e empresários estão envolvidos nas fraudes. Foram expedidos 82 mandados de busca e apreensão e 45 mandados de prisões preventivas.

 A investigação da PF constatou que um grupo de empresas baianas dominava as licitações, que eram previamente combinadas. Elas também usavam notas fiscais frias e superfaturavam os preços. Em alguns casos, descobriu a PF, as empresas sequer entregavam o produto contratado (medicamentos e merenda escolar).

 A Operação Carcará da Bahia só termina amanhã (11). A PF espera fazer novas prisões de envolvidos na fraude.

Leia Também