Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Preso por "não sorrir", torcedor quer desculpas da polícia britânica

9 AGO 12 - 06h:00terra

Um homem portador do Mal de Parkinson preso em uma das provas de ciclismo nos Jogos Olímpicos de Londres quer uma carta de desculpas da polícia de Surrey. De acordo com o ex-soldado e instrutor de artes marciais Mark Worsfold, 54 anos, os oficiais que efetuaram sua detenção lhe deram um tratamento desproporcional.

Segundo o periódico britânico The Guardian, o caso ocorreu em uma disputa do ciclismo em Redhouse Park, ainda em 28 de julho, primeiro dia oficial de competições de Londres 2012. Sentado em muro próximo a um grupo de pessoas que protestavam, a expressão séria de Worsfold chamou a atenção de policiais, que algemaram-no e efetuaram a sua prisão.

O britânico detido afirmou que a polícia questionou por que ele não estava demonstrando gostar do evento. Diagnosticado com a doença de Parkinson, Mark Worsfold sofre com uma rigidez muscular que afeta sua face. Para ele, a detenção foi simplesmente por não estar sorrindo durante a prova.

Mesmo com a reclamação do britânico, que gostaria de ouvir um pedido de desculpas das autoridades de Surrey por não tratá-lo corretamente, a polícia local apenas afirmou que houve um grande número de fatores para os oficiais agirem e que o nível de segurança exigido pelo evento demanda medidas como a tomada. Após a prisão, o torcedor recebeu conselhos e foi liberado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

OPINIÃO

Roberto Sant'Anna: "A importância da propriedade intelectual para o desenvolvimento"

Advogado

Felpuda

JUSTIÇA SUSPENDEU

Bolsonaro diz que vai manter passaporte diplomático de Edir Macedo

DIREITOS HUMANOS

Brasil cai três posições em ranking de liberdade de imprensa

Mais Lidas