Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 14 de novembro de 2018

Preso por "não sorrir", torcedor quer desculpas da polícia britânica

9 AGO 2012Por terra06h:00

Um homem portador do Mal de Parkinson preso em uma das provas de ciclismo nos Jogos Olímpicos de Londres quer uma carta de desculpas da polícia de Surrey. De acordo com o ex-soldado e instrutor de artes marciais Mark Worsfold, 54 anos, os oficiais que efetuaram sua detenção lhe deram um tratamento desproporcional.

Segundo o periódico britânico The Guardian, o caso ocorreu em uma disputa do ciclismo em Redhouse Park, ainda em 28 de julho, primeiro dia oficial de competições de Londres 2012. Sentado em muro próximo a um grupo de pessoas que protestavam, a expressão séria de Worsfold chamou a atenção de policiais, que algemaram-no e efetuaram a sua prisão.

O britânico detido afirmou que a polícia questionou por que ele não estava demonstrando gostar do evento. Diagnosticado com a doença de Parkinson, Mark Worsfold sofre com uma rigidez muscular que afeta sua face. Para ele, a detenção foi simplesmente por não estar sorrindo durante a prova.

Mesmo com a reclamação do britânico, que gostaria de ouvir um pedido de desculpas das autoridades de Surrey por não tratá-lo corretamente, a polícia local apenas afirmou que houve um grande número de fatores para os oficiais agirem e que o nível de segurança exigido pelo evento demanda medidas como a tomada. Após a prisão, o torcedor recebeu conselhos e foi liberado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também