Terça, 20 de Fevereiro de 2018

Preso morre em cela da PHAC em Dourados

31 AGO 2010Por 15h:15
     

O detento Anderson da Silva Almeida, 31 anos, foi encontrado morto na manhã de ontem em uma das celas da Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa (Phac) em Dourados. Ele estava sozinho na cela e foi encontrado por agentes penitenciários com um lençol sobre o pescoço e amarrado à grade da janela.

A investigação sobre a morte está sendo realizada no 2º Distrito Policial onde foi registrada a ocorrência. O caso deverá ser investigado como suicídio já que Anderson Almeida ocupava sozinho a cela onde foi encontrado morto. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e depois liberado para a família providenciar o sepultamento.

Anderson era da cidade Aquidauana e cumpria pena em Dourados de 19 anos e 11 meses de reclusão por tráfico de drogas, assalto a mão armada, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma. Ele era considerado um detento perigoso.

Leia Também