Segunda, 22 de Janeiro de 2018

Preso médico-legista acusado de ter clínica de aborto

19 MAR 2008Por 07h:51
     

         Um dos mais famosos médicos-legistas acusados de fornecer laudos para encobrir mortes sob tortura durante a ditadura militar, Isaac Abramovitch foi preso ontem em uma ação coordenada pelos promotores do Grupo de Atuação Especial e Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de São Paulo. Desta vez, ele é acusado de manter uma clínica de aborto em Pinheiros, na zona oeste da capital paulista.

        Com informações do Estadão

Leia Também