Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Preso jovem acusado de provocar morte e deixar três feridos

2 AGO 10 - 12h:20
Antônio Viegas, Dourados

A Polícia Militar de Dourados prendeu no início da noite de sábado Atos Freitas Costa, 18, conhecido como “Primo”, que é acusado de ter provocado uma tragédia em família. Ele é apontado como responsável pelo assassinato de José Francisco da Silva, 45, e por deixar gravemente feridos Jeferson da Silva, 17, Diones da Silva, 21, e ainda uma adolescente de 15 anos de idade, que está no terceiro mês de gestação, filhos de Francisco.
O crime aconteceu no Jardim Pantanal, periferia de Dourados, na tarde de sábado, e os motivos, de acordo com a polícia, não justificariam tamanha violência. Pelo que consta, o acusado era amigo de Jeferson, uma das vítimas e teria ido até sua casa, junto com outros dois amigos, convidá-lo para tomar cerveja. Porém, o pai do rapaz que teria atendido Atos disse que seu filho não iria sair com ele.
De acordo com informações de testemunhas, o homem alegou que não queria Jeferson na companhia de alguém envolvido em crimes, como tentativa de homicídio, homicídio e furtos. A partir daí começou uma discussão. os dois filhos de José Francisco chegaram, tentando controlar a situação, mas Atos Costa teria pedido a arma para uma das pessoas que estava com ele e passou a atirar.
O primeiro atingido foi o chefe da família, que recebeu um tiro na cabeça; em seguida Diones, também baleado na cabeça, seguido por Jeferson, ferido no peito e por último a menor grávida que saiu com uma perfuração de bala no ombro. Os dois irmãos foram socorridos no Hospital da Vida e correm risco de morte. A adolescente, mesmo com um ferimento sem muita gravidade, está internada em estado de choque.     
Algumas horas depois, a Polícia Militar conseguiu localizar o acusado em um bairro próximo ao local do crime; ele estaria tentando se esconder, mas foi capturado. Encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, Atos foi autuado em flagrante, embora não tenha confessado a autoria. Os policiais tentam localizar os outros dois companheiros do acusado para verificar o grau de envolvimento de cada um no caso.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Ministério da Saúde descarta caso de coronavírus no RJ

Tribunal de Contas rejeitou recurso e manteve condenação de Dagoberto
R$ 4 MILHÕES

Tribunal de Contas rejeitou recurso e manteve condenação de Dagoberto

Ana Maria Braga revela que foi diagnosticada com câncer de pulmão novamente
APRESENTADORA

Ana Maria Braga revela que foi diagnosticada com câncer de pulmão novamente

Com maiores salários, Tribunal de Justiça poderá ter mais três desembargadores
MATO GROSSO DO SUL

Com maiores salários, Tribunal de Justiça poderá ter mais três desembargadores

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião