quinta, 19 de julho de 2018

Preso em SP pai acusado de mandar matar a filha

12 AGO 2008Por 14h:10
     

 

 

O empresário Renato Grembecky Archilla, 49 anos, foi preso na madrugada desta terça-feira (12) acusado de mandar matar a filha em 2001. O avô da vítima, Nicolau Archilla Galan, 81 anos, também foi preso por envolvimento no crime por policiais do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic).  De acordo com o Ministério Público, o mandado de prisão preventiva foi expedido na tarde desta segunda-feira (11). Segundo o promotor, os dois foram denunciados em 1º de agosto por serem mandantes de uma tentativa de homicídio.

 

A jovem, hoje com 29 anos, foi atacada por um policial militar vestido de Papai Noel quando parou o carro em um semáforo na Zona Sul de São Paulo. Ela sobreviveu após levar três tiros. Em 2006, o ex-PM foi condenado a 13 anos e quatro meses de prisão pelo crime. 

 

Com informações do G1

Leia Também