Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

SIDROLÂNDIA

Preso assentado que vendia carne ilegal

1 JUN 2011Por da redação09h:17

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande (MS) prenderam ontem à tarde um assentado que matava animais silvestres e vendia a carne. A PMA recebeu a denúncia de que um homem caçava na região e vendia a carne no assentamento Terra Solidária, em Sidrolândia (MS), como se fosse um açougue. No local, os policiais encontraram em um freezer na residência do denunciado, um quati abatido e parte de uma capivara e ainda foi apreendida, uma espingarda calibre 22 e 116 munições do mesmo calibre, uma espingarda de pressão, espoletas, chumbos e cartuchos calibre 28 deflagrados. A espingarda era registrada, porém fora utilizada na caça.

O caçador, Edilson dos Santos Arouca, assentado residente no lote 05 do assentamento, foi preso e conduzido à delegacia de Polícia Civil de Campo Grande, onde foi autuado pelo crime ambiental. Se condenado poderá pegar pena de 06 meses a 01 ano de detenção. Além disso, o autuado recebeu multa administrativa de R$ 1 mil pelo abate dos animais silvestres.

Leia Também