Sábado, 17 de Fevereiro de 2018

AÇÕES

Presidente eleita faz primeira reunião com equipe de transição em Brasília

1 NOV 2010Por Estadão14h:33

A presidente eleita, Dilma Rousseff, estava reunida nesta segunda-feira, 1, em sua casa em Brasília com coordenadores de campanha, sem previsão para uma entrevista coletiva formal. Mas ela poderá dar um "oi" aos jornalistas, disse uma assessora.

A agenda da presidente para os próximos dias está na pauta do encontro, que deve debater também a indicação dos nomes para o governo de transição. Participam com Dilma seus principais coordenadores, o ex-ministro Antonio Palocci, o presidente do PT, José Eduardo Dutra, e o deputado José Eduardo Cardozo, além de Marco Aurélio Garcia, assessor internacional licenciado da Presidência, que foi responsável pelo programa de governo.

O candidato derrotado ao Senado por Minas Gerais Fernando Pimentel (PT), homem de confiança de Dilma, que se afastou do esquema de campanha após denúncias, saiu antes do final. "Ainda vamos conversar, comemorar um pouquinho. Vamos receber as orientações agora, trocar ideias", disse José Eduardo Cardozo a jornalistas no local. Cardozo relatou a ligação do candidato derrotado à Presidência José Serra (PSDB) a Dilma no domingo. "Foi uma conversa cortês. Pelo que ela nos informou, o José Serra a congratulou-a pelas eleições", disse. "Daqui para a frente é diálogo, é superar qualquer situação que possa ter ocorrido durante a campanha." Dilma recebeu ligações de presidentes de países entre domingo e esta segunda-feira e deve retribuir nesta tarde, auxiliada por Marco Aurélio Garcia.

Questionado se será indicado por Dilma ministro da Justiça, Cardozo deixou o assunto em aberto. "A ministra vai definir com tranquilidade a sua equipe. Não existe ninguém cotado nem referenciado para nada", disse.

Reportagem de Maria Carolina Marcello

Leia Também