Sábado, 20 de Janeiro de 2018

Presidente do Senado reconhece recebimento irregular de auxílio-moradia

28 MAI 2009Por 13h:45
     

        

 

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), admitiu nesta quinta-feira (28) receber de forma irregular auxílio-moradia de R$ 3,8 mil mensais desde o ano passado. Ele disse ter ordenado o cancelamento do pagamento e prometeu debater novas regras para o pagamento do auxílio-moradia em reunião da Mesa Diretora que acontece nesta manhã.

A Mesa também decidiu que os senadores que receberam de forma irregular o benefício de auxílio-moradia terão de devolver o dinheiro. O ressarcimento será feito por meio de desconto na folha de pagamento dos senadores.

 

Sarney tem residência em Brasília, o que impediria o recebimento do benefício. Seu caso agrava-se ainda pelo fato de que desde fevereiro, por ser presidente da Casa, ele mora na residência oficial do Senado.

No início da semana, ele negou o recebimento em conversa com alguns jornalistas, mas nesta quinta-feira retificou a informação. O presidente do Senado atribuiu o pagamento a algum erro administrativo. Segundo ele, em mais de 30 anos de mandato nunca pediu para receber o benefício.

 

Com informações do G1

Leia Também