DECLARAÇÕES

Presidente do PT interpela ministro do STF na Justiça

Presidente do PT interpela ministro do STF na Justiça
14/02/2014 00:00 - FOLHAPRESS


O presidente do PT, Rui Falcão, enviou ontem (13) ao TJDF (Tribunal de Justiça do Distrito Federal) uma interpelação para que o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes explique suas declarações sobre suspeitas de lavagem de dinheiro nas doações feitas aos petistas condenados no processo do mensalão.

De acordo com a interpelação, Falcão quer que Mendes esclareça duas declarações e diga se tem provas para afirmar que existiu algum tipo de irregularidade nas campanhas de arrecadação que estão sendo realizadas para quitar as multas impostas pelo STF. A interpelação ainda questiona se as declarações foram das pelo ministro ou pelo cidadão Gilmar Mendes e diz que, a depender das respostas será aberto um processo na Justiça pedindo indenização por danos morais.

No último dia 4, Mendes criticou o sistema de doações e levantou suspeitas sobre lavagem de dinheiro. Ele ainda pediu investigações ao Ministério Público para saber o dinheiro doado realmente pertencia às pessoas que fizeram as doações. De acordo com procurador-geral da República, Rodrigo Janot, há investigações em curso nos Ministérios Públicos dos Estados sobre as doações feitas aos condenados no processo do mensalão. 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".