sábado, 21 de julho de 2018

FUTEBOL

Presidente do Corinthians espera que Adriano pressione a Roma por liberação

20 DEZ 2010Por FOLHA ONLINE08h:22

O atacante Adriano deve chegar nesta segunda-feira ao Brasil. O Corinthians espera que seja para nunca mais voltar.

O clube paulista quer agora que o jogador pressione a Roma para liberá-lo.

Ronaldo, o lobista da contratação de Adriano pelo Corinthians, já disse que "quando o jogador quer trocar de time, não há como impedir".

O presidente Andres Sanchez agora repete o mesmo discurso. "A gente sabe que é difícil segurar mesmo. Isso vale para Roma, Real Madrid, Corinthians...", disse o cartola, em entrevista à rádio Jovem Pan. "A gente sabe que é difícil [contratar Adriano], mas estamos tentando."

Enquanto o Corinthians insiste, os outros envolvidos na negociação negam, pelo menos oficialmente. Adriano afirmou que prefere ficar na Roma. O agente Gilmar Rinaldi diz que, se para deixar o clube italiano, Adriano deveria continuar na Europa.

Andres Sanchez afirmou que já sabe até como controlar o comportamento de Adriano, que criou problemas em todos os clubes pelos quais passou na carreira.

"O Adriano vai vir para ser jogador profissional, cumprir as regras. Vai ter multa, tudo isso", disse o cartola.

"Nós não somos clínica de recuperação e nem queremos ser. Ele sabe o grau de dificuldade de jogar no Corinthians e vai ter que corresponder", completou Andres.

O dirigente citou ainda Ronaldo como o exemplo a ser seguido por Adriano. "Ronaldo é o que mais treina, nunca atrasa, todo mundo tem que se comportar como ele."

Leia Também