Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

controle

Presidente do BC discute medidas inflação

5 MAI 2011Por Câmara Federal09h:19

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, participa hoje de audiência pública com representantes de seis comissões da Câmara e do Senado. O debate sobre a inflação e as políticas de combate à alta dos preços deve marcar o encontro, segundo avalia o deputado Cláudio Puty (PT-PA), presidente da Comissão de Finanças e Tributação, um dos colegiados que participarão da audiência.

A inflação medida pelo IPCA vem apresentando índices “notáveis”, segundo Puty, e a expectativa do mercado financeiro é a de que neste ano chegue a mais de 6,3% – acima do centro da meta do Banco Central (4,5%, com margem de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo). Na próxima sexta-feira, o IBGE deverá divulgar a inflação de abril, e as projeções são de 0,81% - frente aos 0,57% do mesmo mês de 2010.

A reunião é uma exigência da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF – Lei Complementar 101/00), que determina a realização de encontros semestrais entre o BC e as comissões temáticas pertinentes do Congresso para avaliação do cumprimento dos objetivos das políticas monetária, de crédito e cambial. A expectativa, contudo, é a de que as estratégias de combate à inflação tomem conta do debate.

A audiência, marcada para as 10 horas no plenário 2, é organizada também pela Comissão Mista de Orçamento e pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; e de Fiscalização Financeira e Controle, da Câmara; e pela Comissão de Assuntos Econômicos; e de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle, do Senado.

Novos debates
Além do encontro de hoje, a Comissão de Finanças e Tributação já aprovou a realização de uma audiência pública específica sobre as políticas de combate à inflação. Para a reunião, requerida pelos deputados Audifax (PSB-ES) e José Guimarães (PT-CE), serão convidados, além de Tombini, o chefe da assessoria econômica da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Flávio Castelo Branco, o presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Márcio Pochmann, o ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga e o economista Décio Garcia Munhoz. Ainda não há data marcada para a reunião.

Outro requerimento de audiência pública sobre o mesmo tema apresentado por Arnaldo Jardim (PPS-SP), desta vez convidando o ministro da Fazenda, Guido Mantega, ainda aguarda aprovação.

Leia Também