sexta, 20 de julho de 2018

FUTEBOL

Presidente do Atlético-MG é multado pelo STJD

26 NOV 2010Por ESTADÃO21h:54

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) multou nesta sexta-feira o presidente do Atlético Mineiro, Alexandre Kalil, em R$ 1 mil. O dirigente, que corria o risco de ser suspenso, foi punido por ter ofendido o árbitro Evandro Rogério Roman ao final da partida contra o Botafogo, no dia 30 de outubro. 

Segundo relatou o juiz na súmula da partida, Kalil teria chamado Roman de "mal intencionado" no caminho para o vestiário. O dirigente foi denunciado no artigo 243-F (ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. 

Durante o julgamento, nesta sexta, os auditores chegaram a cogitar uma suspensão de 15 dias a Kalil, faltando apenas duas rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro. No entanto, a punição foi reduzida para multa de R$ 1 mil. 

No mesmo julgamento, o Atlético foi absolvido da denúncia, gerada pelos relatos de Roman, de que o vestiário da arbitragem está mal localizado na Arena do Jacaré, onde o Atlético tem mandado seus jogos. Para o juiz, a proximidade do vestiário do time da casa causa constrangimento à equipe de arbitragem.

Leia Também