Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

BRASÍLIA

Presidente Dilma diz não ter ódio dos torturadores

22 JUN 12 - 17h:53agência brasil

A presidente da República, Dilma Rousseff, disse hoje (22) que não tem qualquer sentimento pelas pessoas que a torturaram durante o regime militar. A afirmação foi feita em entrevista coletiva, antes do encerramento da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20.

“Com o passar dos anos, o melhor foi não me fixar nas pessoas, nem ter por elas qualquer sentimento: nem ódio nem vingança, mas tampouco perdão. Não há sentimento que se justifique contra esse ato. Há a frieza da razão. E a razão é não esquecer, por isso criamos a Comissão da Verdade. Odiar é ficar dependente. Isso não é bom sentimento. É preciso virar a página deste país”, disse.

Segundo ela, o mais importante não é o torturador, mas a prática da tortura. “Temos todos o compromisso de jamais deixar isso acontecer”, disse Dilma.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Disputar prefeitura da Capital <br> é unanimidade para democratas
EM CAMPO GRANDE

Disputar prefeitura é unanimidade para democratas

Delegado afastado é preso por furto de cocaína em DP
LEVARAM O PÓ

Delegado afastado é preso por furto de cocaína em DP

Escolas municipais participarão <br> de ranking de desempenho
DECRETO

Escolas municipais terão desempenho ranqueado

Baleado, jovem implora de joelhos para sogro não ser executado por motoqueiro
CAMPO GRANDE

Baleado, jovem implora para sogro não ser executado

Mais Lidas