domingo, 22 de julho de 2018

2011

Presidente da Ferrari diz esperar muito de Massa

29 NOV 2010Por Gazeta Esportiva15h:06

Primeiro foi o chefe da Ferrari, Stefano Domenicali. Agora, é a vez do chefe da Scuderia, Luca di Montezemolo, fazer uma cobrança pública ao brasileiro, que teve um péssimo na temporada 2010 da Fórmula 1.

"Espero muito de Felipe no próximo ano", comentou o dirigente, que, no entanto, preferiu usar palavras de motivação ao invés de ameaças. "Estou certo que ele voltará a ser o homem que vimos em 2008", emendou.

Há dois anos, Massa perdeu o título por um ponto de diferença, conquistado na última curva da derradeira prova do ano por Lewis Hamilton. Em 2010, porém, ele foi apenas o sexto colocado e "entregou" sua única clara chance de vitória a Fernando Alonso no GP da Alemanha.

O espanhol, aliás, elogiou bastante o espanhol. "Alonso foi incrível, tanto dentro como fora da pista, decidido e cheio de confiança em si mesmo, um verdadeiro motor", descreveu.

Montezemolo ainda negou grandes mudanças no time, apesar do erro de estratégia que tirou o título de Alonso em Abu Dhabi. "Não é nossa filosofia, porque, por anos, adotamos uma política baseada na estabilidade. São possíveis pequenos ajustes, mas nada de grande importância", assegurou.
 

Leia Também