Segunda, 22 de Janeiro de 2018

Presidente da CBF acredita que até 2013 o Brasil estará pronto para a Copa 2014

7 NOV 2009Por 15h:30
     

        da redação

         

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, afirmou ontem (6), que os prazos para a preparação do Brasil para a Copa do Mundo de 2014 não o preocupam. Segundo ele, o país estará pronto para o evento até 2013, ano em que sediará a Copa das Confederações.

 

De acordo com ele, se alguma das 12 cidades-sede deixarem de cumprir os prazos e o que está no projeto, poderá ser substituída. Ele afirma que isso já aconteceu em vários países.

 

Teixeira voltou a dizer que sua maior preocupação é com infraestrutura aeroportuária, mas ressaltou que está seguro de que serão realizadas no prazo previsto (até 2013). Ele acredita que a Copa do Mundo será mais importante para o Brasil exatamente pelo fato de o país ser a pátria do futebol. ?Em 2016 ano das Olimpíadas no Rio, tudo estará preparado porque já se terá a experiência da Copa."

 

Quanto à questão da segurança, o diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, disse que, com a ajuda de organizações internacionais, o Brasil poderá dispor de um banco de dados de torcedores violentos e copiar o modelo usado na Copa da Alemanha, em 2006, para controlar ou proibir a entrada de tais torcedores em seus estádios.

 

Segundo Corrêa, outra idéia é proibir a comercialização de bebidas alcoólicas ao redor dos estádios. Apesar de considerar que o risco de um ataque terrorista na Copa seja pequeno, o secretário afirmou que esta preocupação não pode ser desconsiderada.

 

Citando números de uma pesquisa da Fundação Getulio Vargas, Teixeira disse que a Copa trará cerca de R$ 155 bilhões em investimentos para o país entre os anos de 2009 e 2014, com a criação de 18 milhões de empregos e aumento de 20% no fluxo de turistas.

 

Com informações Agência Brasil

         

Leia Também