segunda, 16 de julho de 2018

Presidente da Bolívia defende que Lula assuma cargo de secretário-geral da ONU

17 DEZ 2010Por FOLHA ONLINE13h:17

O presidente da Bolívia, Evo Morales, defendeu nesta sexta-feira a postulação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao cargo de secretário-geral da ONU.

"Nosso companheiro Lula deve ser e será o futuro secretário-geral das Nações Unidas. O companheiro Lula merece e tem que assumir essa responsabilidade, representando a América", disse Evo durante a reunião de Cúpula do Mercosul, bloco do qual a Bolívia é membro associado.

Segundo o boliviano, que já havia feito a sugestão em outubro, Lula deve usar no âmbito global suas habilidades de "persuadir os opositores" e "integrar os povos".

Em seu discurso, Evo também defendeu o consumo tradicional da folha de coca e agradeceu o apoio do Brasil e da Venezuela no combate ao tráfico de drogas e na industrialização da coca com fins medicinais.

Uma eventual candidatura de Lula à secretaria-geral da ONU não está descartada, mas é um projeto com complicadores. O Brasil é um país que ampliou sua influência no cenário internacional, o que também aumentou o número de adversários. A secretaria-geral da ONU tem sido conquistada por países periféricos.

Leia Também