Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

RECEITA

Prepare um bolo sonho de chocolate

Prepare um bolo sonho de chocolate
11/03/2011 13:00 - Receita.com


Ingredientes para a massa

* 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
* 5 ovos
* 1 xícara (chá) de chocolate em pó
* 1 xícara (chá) de água
* 1 colher (sopa) de fermento em pó

Ingredientes para o recheio

* 360 g de chocolate ao leite picado
* 1 lata de creme de leite (com o soro)
* 6 bombons picados

Ingredientes para o marshmallow

* 1 xícara (chá) de açúcar
* 1/2 xícara (chá) de água
* 3 claras

Ingrediente para decorar

* Bombons inteiros ou picados

Modo de preparo da massa

Bata as claras em neve e reserve. Bata as gemas com o açúcar até obter um creme claro.

Acrescente a farinha e o chocolate, alternando com a água. Por último, misture o fermento e as claras em neve. Despeje a massa numa fôrma de 30 cm de diâmetro, untada e enfarinhada. Asse em forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 40 minutos. Deixe amornar e desenforme.

Modo de preparo do recheio

Misture o chocolate com o creme de leite. Leve ao micro-ondas por cerca de 2 minutos, retire e mexa para derreter todo o chocolate. Deixe esfriar e misture o bombom.
Modo de preparo do marshmallow

Leve ao fogo o açúcar com a água e ferva sem mexer até adquirir consistência de mel. Bata as claras na batedeira até ficar firme. Despeje a calda quente em fio sobre as claras, batendo até ficar morno.

Montagem

Corte o bolo ao meio, espalhe o recheio e cubra com a outra parte da massa. Cubra todo o bolo com o marshmallow e decore com bombons. Conserve na geladeira até a hora de servir.

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.